A vez do networking

13/11/14 09:34
 
Imprimir esta pagina
Texto 
A vez do networking

Participar de um grupo de networking vem se tornando uma das principais ferramentas para se destacar e abrir novos caminhos e oportunidades no mercado de trabalho. Mas a ideia, apesar de parecer simples, é repleta de compromissos e detalhes que fazem toda a diferença no mercado de trabalho. 

Dentre os diversos grupos de networking que existem no mercado, cada um tem a sua particularidade. De acordo com Marcelo Oliveira, presidente do grupo Gênesis, participar de um grupo é uma forma mais efetiva de vender o serviço. 

O Gênesis faz parte do BNI (Business Networking and Referrals), presente em 55 países. O trabalho realizado inclui diversas empresas de diversas áreas, mas sem repetir um mesmo segmento. “A diferença do BNI é que acabamos blindando o ramo de atuação, com apenas um representante para cada opção. Com isso, criamos um compromisso diferenciado”, explica. 

Para fazer parte do grupo, a responsabilidade é grande. Oliveira comenta que o BNI, especificamente, tem uma regra de ‘visibilidade + credibilidade = rentabilidade’. A ideia é que com visibilidade você conquista a credibilidade e, ao final de um longo processo, você alcança a rentabilidade. “O que vai trazer a credibilidade é a pontualidade, a postura e a confiança no discurso que você faz sobre o seu trabalho. Tudo parte da forma como você vende o seu trabalho e se relaciona com outros membros”, comenta. 

Além de saber apresentar o seu negócio, a ideia é auxiliar as outras empresas do grupo a mostrarem o seu trabalho no mercado. Por este motivo, tudo funciona na base de indicações. Por exemplo, um advogado que sabe que um cliente que precisa de um serviço de comunicação pode indicar a empresa que faz parte do seu grupo de networking e, assim, cria-se um ciclo. “O prazo médio é de 5 a 6 meses para que alguém do grupo comece a receber indicações, porque o grupo precisa sentir se o profissional ou a empresa é realmente como se apresenta”, diz Oliveira. 

Para o presidente do grupo Gênesis participar efetivamente de um grupo de networking proporciona diversas oportunidades para quem sabe se vender. “Traz diversas oportunidades de aprender sobre assuntos e virar referência na rede de contatos. Isso acaba abrindo portas de verdade. Mostra que não estamos em um grupo apenas para vender o negócio, mas também para trocar ideias constantemente e fazer com que os clientes confiem realmente no trabalho”, finaliza.



Envie seu comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Ticket e Gestão. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.




Contador de páginas