Planejando um evento corporativo

09/12/14 10:19
 
Imprimir esta pagina
Texto 
Planejando um evento corporativo

O mercado de eventos corporativos está cada vez mais requisitado por empresas de diferentes setores e portes. Realizar uma convenção pode ser o segredo para aproximar clientes e empregadores, além de fortalecer o nome da marca.

Para a diretora da empresa PV Planejamento e Gestão de Eventos, Priscila Vieira, é necessário planejar com antecedência cada detalhe do evento. Ela define como um evento de sucesso aquele que possui três fases: pré-evento, durante e pós. 

Entre algumas dicas, a organizadora destaca algumas lições que aprendeu durante seus 15 anos de trabalho com a área. “É preciso que seja estabelecido um objetivo do evento, e que haja a formação de uma equipe qualificada para o dia, o uso constante de checklists, uma estratégia que atinja diretamente o público e a escolha de parceiros e fornecedores de confiança. 

Priscila ressalta ainda que é preciso pensar em material gráfico, divulgação, alimentação, infraestrutura, e planejamento para a etapa posterior ao evento. 

Realizar este tipo de evento corporativo pode ser uma excelente ferramenta para quem quer fortalecer a marca no mercado e posicionar a empresa como referência. O evento presencial aproxima clientes, parceiros e fornecedores, agindo como uma ferramenta para desenvolver relacionamento junto à marca da empresa. 

A diretora diz que o segredo para manter eventos de sucesso é o relacionamento. “Para ter uma marca forte é preciso que a organização, acima de tudo, valorize o relacionamento com seus clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores. Afinal, são eles que irão consolidar sua marca, legitimar sua credibilidade e fazer de sua empresa um sucesso”, conta ela. 

AJUSTANDO OS ERROS 

Parte das empresas que planejam os eventos sem o auxílio adequado pode acabar cometendo erros irreversíveis. Priscila explica que a falta de um checklist ou de uma visita técnica no local da convenção podem ser a diferença para o sucesso. 

“Geralmente algumas empresas jogam a responsabilidade de organizar um evento na mão de secretárias, profissionais de RH e assessores. Mas é preciso pensar que há um ramo exclusivo para o trabalho. Além disso, é fundamental que a equipe técnica divulgue o evento de maneira adequada para se alinhar ao perfil do público. 

Outro ponto-chave para um evento corporativo perfeito é o networking antes, durante e após a ação. Também é necessário se atentar às novidades para a organização e divulgação do evento. 

E para o caso de tudo dar errado, Priscila avisa que imprevistos acontecem, ainda mais porque eventos envolvem pessoas. 

“Flexibilidade, segurança e calma são extremamente necessários para resolver os problemas que possam surgir. Por isso, o gestor de eventos é um profissional que sabe se controlar em meio aos problemas, pois desenvolve habilidades de gestão, liderança e visão comercial ampla, que se encaixam no mercado cada vez mais exigente do setor”, conclui ela.



Envie seu comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Ticket e Gestão. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.




Contador de páginas